Síndrome de Burnout em enfermeiros que atuam no serviço de urgência e emergência: revisão integrativa

Antônio Osmar Santos Gusmão, Tharley Fabiano Silva Teixeira, Joaquina Marcia Gonçalves Barbosa

Resumo


O estudo visa identificar, por meio de uma revisão integrativa, a síndrome de burnout em
enfermeiros que atuam no serviço de urgência e emergência. Foi utilizado como método a
revisão integrativa durante o mês de abril do ano de 2018, o que resultou na seleção de 14
artigos. O cenário de estudo se passou, principalmente, em Alagoas, Rio de Janeiro e São
Paulo. A busca literária foi feita na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), indexadas nas bases
de dados LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde) e SciELO
(Scientific Eletronic Library Online). Como limitação deste estudo, citam-se as poucas
publicações científicas recentes na área, ressaltando a necessidade de desenvolvimento de
novos estudos que abordem está temática.Verificou-se que os profissionais de saúde, que
atuam na urgência e emergência são acometidos por esta doença pelo fato delidarem com
intensas emoções, cargas excessivas de trabalho e situações estressantes. Foi possível
identificar nos estudos que entre os três fatores presentes no Burnout, à exaustão emocional é
considerado o mais prevalente, e o sintoma que mais representa as consequências.Faz-se
necessário a conscientização dos profissionais sobre a existência da síndrome por meio de
cursos e treinamentos direcionados à redução e/ou enfrentamento de estressores. Assim,
sugere-se o desenvolvimento de novos estudos que abordem está temática.


Referências


Barlem JGT, Lunardi VL, Ramos AM, Silveira RS, Barlem ELD, Ernandes CM. Manifestações da síndrome de burnout entre estudantes de graduação em enfermagem. Texto e contexto de enfermagem. 2013; 22(3): 754-762.

Benetti ERR, Stumm EMF, Izolan F, Ramos LP, Kirchner RM. Variáveis de burnout em profissionais de uma unidade de emergência hospitalar. Revista Cogitare Enfermagem. 2009; 14(2) :269-77.

Brasil. Decreto nº 6.042, de 12 de fevereiro de 2007.

Altera o Regulamento da Previdência Social, aprovado pelo Decreto no 3.048, de 6 de maio de 1999, disciplina a aplicação, acompanhamento e avaliação do Fator Acidentário de Prevenção - FAP e do Nexo Técnico Epidemiológico, e dá outras providências.

Bezerra FN, Silva TM, Ramos VP. Estresse ocupacional dos enfermeiros de urgência e emergência: Revisão Integrativa da Literatura. Acta Paul Enferm. 2012; 25 (Número Especial 2):151-6.

Campos JADB, Maroco J. Adaptação transcultural Portugal-Brasil do Inventário de Burnout de Maslach para estudantes. Rev Saúde Pública, 2012; 46(5): 816-824.

Carvalho CG, Magalhães SR. Síndrome de Burnoute suas consequências nos profissionais de enfermagem. RevUninCor, 2011; 9 (1): 200-210.

França SPS, Martino MMF, Aniceto EVS, Silva LL. Preditores da síndrome de burnoutem enfermeiros de serviços de urgência pré-hospitalar. Acta Paul Enferm. 2012; 25(1):68-73.

Gasparino RC, Guirardello EB. Ambiente da prática profissional e burnoutem enfermeiros.Rev Rene. 2015 jan-fev; 16(1):90-6.

Guido LA, Silva RM, Goulart CT, Bolzan MEO, Lopes LFD. Síndrome de Burnoutem residentes multiprofissionais de uma universidade públicaRevescenferm USP, 2012; 46(6):1477-1483.

Luz LM, Torres RRB, Sarmento KMVQ, Sales JMR, Farias KN; Marques MB.Síndrome de burnoutem profissionais do serviço de atendimento móvel de urgência.J. res.: fundam. care. 2017; 9(1): 238-246.

Meira LC, Carvalho EKM, Carvalho JRM. Síndrome de burnout: suscetibilidade em enfermeiros atuantes na urgência e emergência de um hospital público de Campina Grande, PB. Revista Eletrônica Gestão & Saúde. 2015; 06(02):1289-20.

Medeiros-Costa ME, Maciel RH, Rêgo DP, Lima LL, Silva MEP, Santos NMG.O esgotamento profissional na enfermagem: uma análise da produção científica de teses e dissertações.Revenferm UFPE on line.2017; 11(01):1731-44.

Medeiros-Costa ME, Maciel RH, Rêgo DP, Lima LL, Silva MEP, Freitas JGA. Síndrome do esgotamento profissional no contexto da enfermagem: uma revisão integrativa da literatura.RevEscEnferm USP • 2017; 51(01): 1-12.

Mourão AL, Costa ACC, Silva EMM, Lima KJ. Síndrome de burnoutno contexto da enfermagem.2017; 41(1):131-143.

Oliveira R, Caregnato RCA, Câmara SG. Síndrome de Burnout em acadêmicos do último ano da graduação em enfermagem. Acta Paul Enferm. 2012; 25(Número Especial 2):54-60.

Pereira SS, Silva PMC, Azevedo EB, Faustino EB, Araújo ZMN, Filha MOF. Síndrome de burnout em profissionais de enfermagem de um hospital de urgência/emergência. Revista da Universidade Vale do Rio Verde. 2014; 12(01): 636-647.

Rissardo MP, Gasparino RC. Exaustão emocional em enfermeiros de um hospital Público. Esc Anna Nery. 2013 ; 17 (1):128 – 132.

Silva DSD, Tavares NVS, Alexandre ARG, Freitas DA, BrêdaMZ , Albuquerque MCS, Neto VLM. Depressão e risco de suicídio entre profissionais de Enfermagem: revisão integrativa.RevEscEnferm USP. 2015; 49(6):1027-1036.

Silveira ALP, Colleta TCD, Ono HRB, Woitas LR, Soares SH, Andrade VLA, Araújo LA. Síndrome de Burnout: consequências e implicações de uma realidade cada vez mais prevalente na vida dos profissionais de saúde.RevBrasMed Trab. 2016; 14(3):275-84.

Schmidt DRC, Paladini M, Biato C, Pais JD, Oliveira AR. Qualidade de vida no trabalho e burnoutem trabalhadores de enfermagem de Unidade de Terapia Intensiva. RevBrasEnferm, Brasilia. 2013; 66(1): 13-7.

Vasconcelos PR, Castro CA, Neto ARM, Rocha SG, Barros ARC, Abdon APV. A Ocorrência da Síndrome de Burnout nos Acadêmicos do Último Ano do Curso de Fisioterapia. Revista de fisioterapia e saúde funcional, 2012; 1 (1): 42-46.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Endereço postal

 

Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes Pró-Reitora de Extensão Coordenação Editorial da Revista Intercâmbio

Av. Ruy Braga, Predio 05, Sala 210, Campus Universitário Prof. Darcy Ribeiro CEP: 39401-089 - Montes Claros / MG

 

Contato Principal

Daniela Imaculada Pereira Costa
Telefone: (38) 3229-8160
E-mail: revista.intercambio@unimontes.br

Secretários Executivos

Iury Veloso - Antony Willian 
Telefone: (38) 3229-8300
E-mail: revista.intercambio@unimontes.br