A HUMANIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM À CRIANÇA HOSPITALIZADA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

Carla Rodrigues Pereira, Karine Gabriele de Jesus Lima, Maria Tatiane Martins Rodrigues, Pamera Janaina Ataíde Durães, Sabrina de Jesus Oliveira Neves, Tiê Menezes Viana, Patrícia Fernandes do Prado, Ana Augusta Maciel de Souza

Resumo


A humanização é essencial para aprimorar os atendimentos, instituindo atividades que asseguram a assistência de qualidade, reduzindo ações desumanas e transformando a hospitalização da criança em um momento menos traumatizante. O estudo teve como objetivo descrever as práticas de humanização da assistência de enfermagem realizadas em unidades pediátricas. Trata-se de um estudo de revisão integrativa da literatura de artigos científicos publicados no período de 2012 a 2016, cujas pesquisas fossem nacionais e estivessem disponíveis na íntegra na plataforma de periódicos da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), sobre as práticas de humanização à criança hospitalizada. A busca resultou em 16 publicações, que compuseram a análise do estudo, a qual foi organizada em três categorias temáticas: Visão dos sujeitos envolvidos no processo de hospitalização, Gestão dos serviços de saúde e humanização e Estratégias de humanização. Apesquisa permite contribuir para que os profissionais de enfermagem possam trabalhar estratégias que garantam a humanização da atenção à saúde da criança no contexto hospitalar, visando uma assistência mais qualificada e um cuidado atraumático.


Referências


BRITO, TRP et al. As práticas lúdicas no cotidiano do cuidar em enfermagem Pediátrica. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2009, out-dez; 13 (4): 802-08.

CAIRES, S et al. Palhaços de hospital como estratégia de amenização da experiência de hospitalização infantil. Psico-USF, Itatiba, v. 19, n. 3, p. 377-386, dez. 2014 . Disponível em . Acessado em 11 abr. 2017.

CALEFFI, CCF et al..Contribuição do brinquedo terapêutico estruturado em um modelo de cuidado de enfermagem para crianças hospitalizadas. Rev Gaúcha Enferm. 2016 jun;37 (2): e58131.

CRUZ, DSM. Vivência de enfermeiras assistenciais no cuidar da criança em uma unidade pediátrica [disserta-ção]. João Pessoa: Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal da Paraíba; 2004.

D'ARTIBALE, EF; BERCINI, LO. A prática do quarto passo da iniciativa hospital amigo da criança. Esc. Anna Nery, Rio de Janeiro, v. 18, n. 2, p. 356-364, jun. 2014 . Disponível em . Acessado em 11 abr. 2017.

FRANCISCHINELLI, AGB; ALMEIDA, FA; FERNANDES, DMSO. Uso rotineiro do brinquedo terapêutico na assistência a crianças hospitalizadas: percepção de enfermeiros. Acta paul. Enferm. São Paulo, v. 25, n. 1, p. 18-23, 2012. Disponível em . Acessado em 11 abr. 2017.

GESTEIRA, ECR. Contos infantojuvenis: Uma prática lúdica de humanização para crianças hospitalizadas. Rev. De Enferm. Da UFSM, Santa Maria, v. 4, n. 3, 2014. Disponível em acessado em 11 de abril 2017.

MATOS, APK de et al. Revelações manifestas por crianças pré-escolares portadoras de doenças crônicas em tratamento ambulatorial. Acta Paul. Enferm. São Paulo, v. 27, n. 2, p. 126-132, abr. 2014 disponível em . Acessado em11 abr. 2017.

MENDES, KDS; SILVEIRA, RCCP; GALVAO, CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto contexto - enferm. Florianópolis, v. 17, n. 4, p. 758-764, dez. 2008. Disponível em . Acessado em 11 abr. 2017

MONTEIRO, AI et al. Humanização do atendimento à criança na atenção básica: visão dos profissionais. Rev. Rene, Ceará, v.13, n.4, p. 724-33, jul. 2012. Disponível em: < http://www.periodicos.ufc.br/index.php/rene/article/view/4021. Acessado em 11 de abr. de 2017.

OLIVEIRA, ECV; TEIXEIRA, JBA; ALMEIDA, DV. Assistência humanizada para a equipe de enfermagem de uma unidade de internação pediátrica. Rev. pesqui. cuid. Fundam. (Online), v. 5, n.1, p. 3375-3382, jan.-mar. 2013

PALADINO, CM; CARVALHO, R; ALMEIDA, FA. Brinquedo terapêutico no preparo para a cirurgia: comportamentos de pré-escolares no período transoperatório. Rev. Esc. Enferm. USP, São Paulo, v. 48, n. 3, p. 423-429, jun. 2014 Disponível em . Acessado em 11 abr. 2017.

RODRIGUES, AC; CALEGARI, T. Humanização da assistência na unidade de terapia intensiva pediátrica: perspectiva da equipe de enfermagem. Rev. Reme, Belo Horizonte, vol. 20, e933, 2016. Disponível em < http://www.reme.org.br/artigo/detalhes/1067>. Acessado em 11 de abr. 2017.

SANTOS, MR et al. Desvelando o cuidado humanizado: percepções de enfermeiros em oncologia pediátrica. Texto contexto - enferm. Florianópolis, v. 22, n. 3, p. 646-653, set. 2013 . Disponível em . Acessado em 11 abr. 2017.

SILVA, JLS et al. Organização do trabalho de Enfermagem diante da inserção dos cuidados familiares com a criança hospitalizada. Rev. Rene, Ceará, vol. 16, n.2. 2015. Disponível em http://www.periodicos.ufc.br/index.php/rene/article/view/2714/2098. Acessado em 11 de abr. 2017.

SILVA, TP et al. Estabelecendo estratégias de ação/interação para o cuidado à criança com condição crônica hospitalizada. Esc. Anna Nery, Rio de Janeiro, v. 19, n. 2, p. 279-285, jun. 2015. Disponível em . Acessado em 11 abr. 2017.

SOUZA, A; FAVERO, L. Uso do brinquedo terapêutico no cuidado de enfermagem à criança com leucemia hospitalizada. Cogitare Enfermagem, Curitiba, v. 17, n. 4, 2012. Disponível em < http://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/30364> acessado em 11 de abr. 2017.

SOUZA, LPS, et al. Câncer infantil: sentimentos manifestados por crianças em quimioterapia durante sessões de brinquedo terapêutico. Rev. Rene, Fortaleza, v. 13, n. 3, 2012. Disponível em < http://www.periodicos.ufc.br/index.php/rene/article/view/4010> acessado em 11 de abr. 2017.

SOUZA, LPS, et al. O Brinquedo Terapêutico e o lúdico na visão da equipe de enfermagem. Journal of the Health Sciences Institute, São Paulo, v. 30, n.4, p.354-8, 2012. Disponível em < http://www.unip.br/comunicacao/publicacoes/ics/edicoes/2012/04_out-dez/V30_n4_2012_p354a358.pdf> acessado em 11 de abr. 2017.

XAVIER, DM; GOMES, GC; SALVADOR, MS. O familiar cuidador durante a hospitalização da criança: convivendo com normas e rotinas. Esc. Anna Nery, Rio de Janeiro, v. 18, n. 1, p. 68-74, mar. 2014. . Disponível em . Acessado em 11 abr. 2017.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Endereço postal

 

Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes Pró-Reitora de Extensão Coordenação Editorial da Revista Intercâmbio

Av. Ruy Braga, Predio 05, Sala 210, Campus Universitário Prof. Darcy Ribeiro CEP: 39401-089 - Montes Claros / MG

 

Contato Principal

Daniela Imaculada Pereira Costa
Telefone: (38) 3229-8160
E-mail: revista.intercambio@unimontes.br

Secretários Executivos

Iury Veloso - Antony Willian 
Telefone: (38) 3229-8300
E-mail: revista.intercambio@unimontes.br