AS CONTRIBUIÇÕES DO CURSO DE EXTENSÃO EM MÚSICA PARA O ESTAGIÁRIO DISCENTE DE CANTO

Dayanne Fernanda Silva Souza

Resumo


O mundo está em constante transformação, e em consequência disso novos conceitos e ideias sobre a vida, a cultura, a educação, surgem a todo momento. A medida em que mudanças ocorrem, novas problematizações vivenciadas em sala de aula surgem, e assim as pesquisas na área da educação musical se fomentam. Muitos são os dilemas envolvidos nessas pesquisas, tais quais como: a aplicabilidade da lei que não estabelece a música como disciplina, mas apenas como conteúdo obrigatório das aulas de Artes, exigindo uma certa polivalência do professor habilitado em música que acaba por lecionar conteúdos de teatro, artes plásticas e dança; a avaliação em música; a realidade do ensino de música na escola regular; e por fim, de que maneira as academias têm preparado os alunos para esse mercado. Atentando-se a esta realidade, o presente trabalho tem como foco apresentar as principais discussões e análises voltadas para um dos eixos formadores utilizados pelas universidades que são os projetos de extensão. O universo da pesquisa constituiu-se dos acadêmicos – estagiários de canto do Curso de Extensão em Música - CEM, projeto ligado ao Programa Música, Cultura e Sociedade da Universidade Estadual de Montes Claros. Com o objetivo de compreender quais as contribuições que o CEM oferece para esses estagiários, utilizamos como procedimentos metodológicos: entrevistas com os acadêmicos - estagiários que atuaram e atuam no projeto; questionários com os alunos da comunidade que desfrutam dessas aulas; observação participante das aulas ministradas; filmagens, fotografias, pesquisa documental e bibliográfica. No referencial teórico apresentamos os conceitos mais relevantes que envolvem os projetos de extensão, bem como os principais autores que discorrem sobre educação musical e sobre a relação extensão/academia. Analisamos as leis que regem e regulamentam a criação e o funcionamento dos projetos de extensão no Brasil, bem como a implementação destes, envolvendo os desafios dessa ação na educação do país. Apresentamos o projeto CEM, discutimos sobre o processo de ensino - aprendizagem dentro do mesmo e seus benefícios para o licenciando em música/canto. Os resultados apontam que após participarem do projeto os alunos mostraram melhorias na comunicação, sendo mais desenvoltos e articulados; se tornaram mais seguros com relação ao conhecimento que obtiveram; adquiriram versatilidade em sala de aula, visto que isto é uma característica da profissão; apreenderam metodologias de ensino próprias, e numa abordagem psicológica, sentiram uma grande influência das aulas em sua autoestima. Tendo em vista esses resultados, espera-se que este trabalho contribua para a área da educação musical, na medida em que comprova que a aplicabilidade de programas de extensão como o CEM contribuem de forma positiva para a formação dos acadêmicos, além de possuir um grande impacto social, sendo assim um incentivo para que novos projetos como este sejam implementados.

 Palavras Chave: Curso de Extensão em Música. Ensino- Aprendizagem. Educação Musical.

 


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Endereço postal

 

Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes Pró-Reitora de Extensão Coordenação Editorial da Revista Intercâmbio

Av. Ruy Braga, Predio 05, Sala 210, Campus Universitário Prof. Darcy Ribeiro CEP: 39401-089 - Montes Claros / MG

 

Contato Principal

Jussara Maria de Carvalho Guimarães
Telefone: (38) 3229-8160
E-mail: revista.intercambio@unimontes.br

Daniela Imaculada Pereira Costa
Telefone: (38) 3229-8160
E-mail: revista.intercambio@unimontes.br

Secretário Executivo

Icaro George Lanzarini Pimentel
Telefone: (38) 3229-8300
E-mail: revista.intercambio@unimontes.br